28/06/2024
 | 
Leitura: 4 min

Embedded Finance: conceito, benefícios e funcionamento

A sua empresa enfrenta dificuldades ao lidar com pagamentos e gestão financeira, mesmo tendo um bom volume de vendas? Então saiba que a integração do Embedded Finance na plataforma pode mudar essa realidade.

Isso significa oferecer aos clientes opções de pagamento flexíveis, gestão facilitada das finanças e acesso a serviços bancários diretamente do seu painel de controle. Tudo com a mesma facilidade de um banco digital.

Essa abordagem simplificada do Embedded Finance também aumenta a satisfação do cliente. Em outras palavras, com ele, as empresas podem se concentrar em funções mais estratégicas.

Afinal, elas sabem que suas necessidades financeiras estão totalmente integradas em suas plataformas.

Quer saber mais sobre Embedded Finance e como ele pode melhorar a experiência financeira do seu negócio? Continue a leitura e descubra!

O que é Embedded Finance?

Embedded Finance, também conhecido como finanças integradas, refere-se à integração de serviços financeiros nas operações de empresas em diversos setores.

Essa integração oferece aos clientes uma variedade de soluções financeiras diretamente vinculadas aos produtos ou serviços que estão sendo oferecidos.

O Embedded Finance utiliza a infraestrutura e os serviços proporcionados pelos bancos digitais. Isso é alcançado pela incorporação de ferramentas, como APIs, nas operações das empresas.

O objetivo do embedded finance, portanto, é tornar os serviços financeiros mais acessíveis e convenientes para os consumidores.

Como funciona o Embedded Finance?

O Embedded Finance opera integrando serviços financeiros em plataformas que, originalmente, não são do setor financeiro, sem depender de bancos tradicionais.

Por exemplo, uma corporação de comércio eletrônico pode integrar opções de pagamento, como cartões de crédito, diretamente em seu site.

Da mesma forma, um aplicativo de transporte pode oferecer aos motoristas a possibilidade de receber seus pagamentos instantaneamente em uma conta digital associada ao serviço.

Essa abordagem simplifica o acesso aos serviços financeiros para os usuários. Afinal, ela não precisa utilizar diferentes aplicativos ou sites para lidar com transações financeiras.

Quais são os benefícios do Embedded Finance?

O Embedded Finance oferece uma série de benefícios tanto para as empresas quanto para os usuários. Entenda!

Autonomia e agilidade para os usuários

Com a integração dos serviços bancários, os usuários podem acessar facilmente diversas opções financeiras em um só lugar, sem utilizar bancos tradicionais.

Ou seja, não é preciso utilizar diferentes aplicativos ou sites para acessar soluções financeiras diversificadas.

Aumento da fidelidade do cliente

Ao oferecer uma experiência financeira integrada e conveniente, as empresas aumentam a fidelidade de seus clientes. Isso significa que existe uma maior probabilidade delas serem escolhidas pelo público.

Novas fontes de receita

O Embedded Finance cria oportunidades para as empresas gerarem receita adicional por meio da oferta de serviços financeiros, abrindo novas fontes para o negócio.

Redução de custos

Ao utilizar a infraestrutura e os serviços de bancos digitais, as empresas reduzem os custos associados ao desenvolvimento e manutenção de sistemas financeiros internos.

Ampla gama de serviços

As empresas ampliam os serviços oferecidos aos seus clientes, como pagamentos, concessão de crédito, antecipação de recebíveis, entre outros. Tudo isso sem precisar criar toda a infraestrutura financeira do zero.

Como aplicar a solução Embedded Finance?

Aplicar a solução de Embedded Finance na sua empresa envolve uma série de etapas. A seguir, conheça os passos envolvidos:

  • análise estratégica — avalie as estratégias da sua empresa e identifique como a integração de serviços financeiros pode agregar valor aos seus clientes e ao funcionamento do negócio;
  • identificação de ferramentas — escolha as ferramentas de Embedded Finance que melhor se adequam às necessidades da empresa e dos seus clientes, como cobranças recorrentes;
  • definição de objetivos — estabeleça os objetivos específicos que você deseja alcançar com a implementação do Embedded Finance, como melhorar o atendimento ao cliente;
  • integração com plataformas de pagamentos — utilize APIs de plataformas de pagamentos para integrar serviços financeiros diretamente nos seus produtos ou serviços;
  • teste e iteração — após a implementação, teste os novos recursos e colete feedback dos usuários, fazendo ajustes conforme necessário.

Gostou do conteúdo? Saiba que a Dimensa, líder em tecnologia e infraestrutura para operações financeiras, oferece diversas soluções que transformam o seu negócio. Conheça!

Em resumo

O que é Embedded Finance?

Embedded Finance é a integração de serviços financeiros em plataformas não financeiras, como aplicativos de transporte ou comércio eletrônico.

Para que serve o Embedded Finance?

O Embedded Finance permite ampliar os serviços oferecidos pelas empresas, proporcionando uma experiência financeira integrada aos clientes.

crédito da imagem: Freepik

Compartilhe o artigo
Buscar artigos:

Artigos semelhantes


Banco Digital
Digital Banking: principais soluções para oferecer aos seus clientes
Os bancos estão evoluindo rapidamente no contexto do digital banking, transcendendo suas funções ...
Leia mais
Banco Digital
Como criar um banco digital do zero? Confira dicas
Se você já se perguntou sobre os bastidores da transformação digital nos serviços financeiros e...
Leia mais
Banco Digital
Banking as a Service (BaaS): conceito, funcionamento e benefícios
O Banking as a Service (BaaS) tem movimentado os serviços financeiros. Ele permite criar um banco d...
Leia mais
Não deixe de acompanhar nossas atualizações.
Inscreva-se em nossa newsletter
para receber conteúdos exclusivos.
Siga nossas redes sociais
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram