04/04/2024
 | 
Leitura: 5 min

Banking as a Service (BaaS): conceito, funcionamento e benefícios

O Banking as a Service (BaaS) tem movimentado os serviços financeiros. Ele permite criar um banco digital mesmo que a empresa não seja do setor.

Imagine poder acessar uma ampla variedade de serviços financeiros por meio de plataformas digitais e aplicativos, sem a necessidade de lidar com um banco tradicional.

É dessa forma que o BaaS ajuda as instituições que desejam modernizar as transações. Para saber mais, continue a leitura!

O que é Banking as a Service (BaaS)?

O BaaS é o meio que permite a uma instituição ou empresa disponibilizar para os consumidores os serviços bancários sem ser um banco propriamente dito.

Se você tem uma conta digital ou usa um aplicativo de finanças, consegue fazer transferências, pagar contas e investir. Da mesma forma, o BaaS permite que empresas não bancárias ofereçam serviços financeiros ao viabilizar, por exemplo:

Isso abre as portas para diversas inovações e opções para os destinatários. Além disso, é possível para qualquer negócio oferecer serviços bancários sem necessariamente ter que obter uma licença bancária e sem alterar o foco da atividade empresarial.

É o caso da Magazine Luiza, uma empresa de varejo e e-commerce que fornece aos clientes a possibilidade de usar cartão de crédito.

Segundo a Deloitte, antes os bancos eram os principais responsáveis por toda a cadeia de valor, incluindo desenvolvimento e distribuição de soluções. No entanto, outros players passaram a integrar o ecossistema relacionado ao BaaS, gerando novos modelos de negócio.  

Como funciona o Banking as a Service?

O BaaS Banking as a Service funciona ao disponibilizar, por meio de APIs, a estrutura necessária à empresa contratante para que o banco digital entre em operação. Ou seja, existem diversos parâmetros de programação que ligam o ponto A ao ponto B.

Essas APIs são a ponte entre o desenvolvedor, que pode ser uma fintech, por exemplo, e a instituição que fornecerá os serviços financeiros ou bancários. O Bank as a Service possibilita a criação de uma conta e um cartão bandeirado de forma integrada ao aplicativo.

A empresa que contrata o BaaS realiza o papel de emissor e de instituição de pagamento. Dessa forma, fica responsável por:

Portanto, o BaaS serve para estruturar a tecnologia por trás, colocando para funcionar o aplicativo financeiro. Assim, as empresas contratam o serviço devido à facilidade de delegar as atividades a outra empresa com expertise na área.

Quais serviços financeiros podem ser oferecidos com o Banking as a Service?

São as empresas que estipulam quais serviços desejam proporcionar aos clientes. Dessa forma, existem algumas opções viabilizadas pelo Banking as a Service, como:

  • contas digitais;
  • cartões de crédito físicos e digitais;
  • pagamento de boletos;
  • pix;
  • transferência bancária;
  • recarga de celular;
  • cashback;
  • investimentos;
  • seguros;
  • empréstimos.

Quais são os benefícios do Banking as a Service?

Algumas das vantagens de usar o BaaS são:

Transformação digital

Sabe aquela praticidade de resolver as coisas pelo celular, sem precisar enfrentar filas ou lidar com papéis e formulários intermináveis? O Banking as a Service abre as portas para essa realidade.

Ele permite que as empresas ofereçam serviços financeiros de forma ágil, segura e digital. Além de simplificar a vida dos usuários, o BaaS modifica a maneira como lidamos com o dinheiro, promovendo um caminho mais prático.

Atração de clientes

Ao oferecer uma gama ampla e diversificada de serviços financeiros, as empresas têm a oportunidade de alcançar uma maior quantidade de potenciais clientes e manter os existentes satisfeitos.

Melhora da UX

A experiência do usuário, ou UX, refere-se à forma como uma pessoa interage e se sente ao utilizar um produto ou serviço, como um aplicativo, site ou dispositivo.

É sobre tornar essa interação o mais fácil e agradável possível. Pense em um aplicativo que você gosta de utilizar. Analise aspectos como:

  • design;
  • disposição de botões;
  • apresentação das informações;
  • facilidade de acesso;
  • usabilidade.

Tudo isso faz parte do UX. Portanto, é uma parte essencial da experiência.

Eficiência nas operações

Ao utilizar plataformas digitais e soluções tecnológicas avançadas, as empresas podem agilizar e otimizar uma série de processos financeiros.

Isso não apenas reduz custos operacionais, como também mantém a competitividade no mercado. Assim, o Banking as a Service é um caminho para alcançar um melhor desempenho organizacional.

Promover a digitalização do dinheiro

Promover a digitalização do dinheiro é relevante porque possibilita que as pessoas realizem transações financeiras de forma rápida e sem sair de casa.

Além disso, reduz a dependência de dinheiro em espécie. Sem contar que promove maior transparência das transações. Além disso, facilita a inclusão financeira.

Reduzir custos para os clientes e a empresa

Para os clientes, a redução de custos pode ocorrer devido a dois aspectos indispensáveis: maior eficiência e possibilidade de haver menos taxas e tarifas do que ocorreria em um banco tradicional.

Já para as empresas, o Banking as a Service pode reduzir custos operacionais, como mencionado. Ele viabiliza a terceirização de funções bancárias e a utilização de infraestrutura menos onerosa, sem depender necessariamente de regulamentações governamentais.

Gerar uma nova fonte de receita para o seu negócio

Ao oferecer serviços financeiros, as empresas podem atrair novos clientes e fidelizar os atuais, o que pode resultar em um aumento nas receitas.

Portanto, a parceria com provedores de BaaS também pode proporcionar a abertura de novos mercados e segmentos de interesse dos consumidores, visando aumentar as fontes de receita do negócio.

A Dimensa contribui para uma experiência do cliente maximizada, com o desenvolvimento de aplicativos, interface, backoffice, entre outros serviços para criação de um dispositivo financeiro ou de um banco digital.

Nossa tecnologia é inovadora, com infraestruturas completas e escaláveis.

Além disso, oferecemos soluções que podem ser integradas ao Banking as a Service, com flexibilidade para criar um banco digital com as melhores oportunidades para seu negócio.

Gostou do conteúdo? Então, aproveite para nos seguir no LinkedIn e Instagram!

Em resumo

O que significa Banking as a Service?

Banking as a Service é uma tecnologia que permite que empresas e organizações não financeiras consigam oferecer serviços bancários a seus clientes e usuários, sem a intervenção de uma instituição bancária.

Como funciona o Banking as a Service?

Para que o BaaS funcione, é necessário implementar uma programação com APIs que conectem uma fintech, por exemplo, e a instituição que disponibilizará o serviço de banco digital.

crédito da imagem: Freepik

Compartilhe o artigo
Buscar artigos:

Artigos semelhantes


Banco Digital
Como criar um banco digital do zero? Confira dicas
Se você já se perguntou sobre os bastidores da transformação digital nos serviços financeiros e...
Leia mais
Não deixe de acompanhar nossas atualizações.
Inscreva-se em nossa newsletter
para receber conteúdos exclusivos.
Siga nossas redes sociais
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram