06/06/2024
 | 
Leitura: 8 min

Concessão de Crédito com eficiência: mercado, processos e dicas

No universo econômico, a concessão de crédito surge como uma peça fundamental, já que ajuda a impulsionar o crescimento e a dinâmica dos negócios.

Esse processo, que possibilita o acesso a recursos financeiros, não apenas viabiliza transações, mas também atua como uma base para a saúde financeira de empresas e pessoas.

Entretanto, as empresas que operam no segmento de concessão de crédito não estão imunes aos desafios que possam surgir. O equilíbrio delicado entre atender à demanda crescente e gerir os riscos se torna um obstáculo.

Dessa forma, as empresas que atuam nesse mercado, precisam ter uma abordagem lógica no que diz respeito à análise de crédito. Isso porque é preciso otimizar as decisões de crédito para reduzir os riscos.

Neste artigo, falaremos mais sobre o que é concessão de crédito, o panorama no Brasil e a importância da análise de crédito. Continue a leitura para saber mais!

Qual o panorama do mercado de concessão de crédito no Brasil?

O panorama do mercado de concessão de crédito no Brasil é reflexo da economia. Afinal de contas, esse é um setor que desempenha um papel imprescindível no fornecimento de capital, seja para pessoas físicas ou jurídicas.

Isso ocorre porque conceder crédito ajuda a impulsionar o consumo, investimentos e, consequentemente, traz crescimento econômico.

Vários fatores contribuem para esse cenário, desde a demanda crescente por serviços financeiros até as mudanças nas políticas regulatórias.

Em suma, no Brasil, há uma diversificação do mercado de concessão de crédito, já que ele abrange desde instituições financeiras tradicionais e fintechs até empresas do varejo e indústrias. 

Dessa forma, bancos comerciais, cooperativas de crédito e empresas de tecnologia financeira competem para atender às crescentes necessidades de uma população cada vez mais conectada e à procura de serviços financeiros acessíveis.

Além disso, a crescente digitalização do setor tem sido uma tendência marcante, com a oferta de crédito online ganhando destaque.

Isso não apenas simplifica o processo, mas também permite uma análise de crédito mais ágil e eficiente por parte das instituições financeiras.

No entanto, o mercado enfrenta desafios significativos, como a volatilidade econômica, já que as taxas de inadimplência e as flutuações nas taxas de juros são fatores que demandam uma gestão criteriosa por parte das empresas do setor.

Para diminuir os riscos, as empresas precisam usar mais automação e tecnologia na hora de efetuar as análises de crédito, buscando garantir a sustentabilidade das operações.

Quais são os critérios para concessão de crédito?

Os critérios para concessão de crédito para PJ variam entre as instituições financeiras, sendo essenciais para uma análise eficaz e direcionada. Confira abaixo alguns fatores específicos considerados na análise e concessão de crédito:

  • dados da empresa: informações específicas sobre a empresa, como endereço, tempo de existência, setor de atuação, entre outros;
  • faturamento e capacidade de pagamento: análise dos aspectos econômicos da empresa, incluindo faturamento, lucratividade e demais indicadores financeiros;
  • quadro societário: análise dos sócios e suas participações no quadro societário da empresa;
  • situação fiscal: verificação da situação fiscal da empresa, incluindo regularidade tributária e Certidão Negativa de Débitos (CND);
  • recuperação judicial e falências: identificação de processos de recuperação judicial ou falências associadas à empresa;
  • protestos em cartório: verificação de protestos em cartórios que possam impactar a credibilidade da empresa;
  • relação dívida/receita: verificação da proporção entre as obrigações financeiras existentes e o faturamento da empresa, para avaliar a capacidade de assumir novos compromissos financeiros;
  • finalidade do empréstimo: avaliação da finalidade do empréstimo, pois alguns tipos de empréstimos podem ter critérios específicos;
  • políticas e requisitos da instituição financeira: adesão aos critérios específicos da instituição financeira, que podem variar com base em políticas internas e regulamentações.

Vale destacar que a combinação e o peso desses critérios podem variar entre as instituições e tipos de empréstimos.

Isso porque as instituições financeiras podem adotar diferentes abordagens para avaliar o risco e garantir que a concessão de crédito seja feita de maneira responsável, beneficiando tanto o mutuário quanto o credor.

Qual a importância da análise de risco de crédito?

Como vimos anteriormente, a análise de risco de crédito desempenha um papel central e muito importante no setor financeiro, sendo um processo fundamental para instituições que concedem empréstimos e crédito.

Sua importância está na capacidade de avaliar a probabilidade de um tomador de crédito cumprir com as obrigações financeiras associadas a um empréstimo ou financiamento.

Esse processo não apenas protege as instituições financeiras de possíveis inadimplências, mas também contribui para a estabilidade e saúde do sistema financeiro como um todo.

Quando uma empresa faz uma análise de risco de crédito, ela consegue avaliar a solidez financeira do solicitante.

Ou seja, essa avaliação criteriosa permite que as instituições determinem o risco associado a conceder crédito a um indivíduo ou empresa.

Quais os impactos de ignorar a análise de crédito?

Ignorar a análise de crédito pode acarretar uma série de impactos negativos para instituições financeiras, tomadores de crédito e até mesmo para o sistema financeiro como um todo.

Essa prática pode resultar em consequências significativas, prejudicando a estabilidade econômica e a saúde financeira das partes envolvidas.

Sem a análise de crédito, há um aumento substancial no risco de conceder empréstimos a indivíduos ou empresas que não possuam capacidade financeira para cumprir com suas obrigações, elevando os índices de inadimplência.

Além disso, a concessão de crédito sem avaliação de risco pode resultar em perdas consideráveis para as instituições financeiras, uma vez que não são capazes de identificar e precaver-se contra potenciais devedores de alto risco.

O que é os 5 C’s do crédito?

Os "5 C's do crédito" são um conjunto de critérios fundamentais utilizados por instituições financeiras na análise de risco de concessão de crédito.

Cada "C" representa uma dimensão específica que é avaliada para determinar a viabilidade e a segurança de conceder um empréstimo. Confira os significados.

Caráter

Refere-se à confiança e integridade do tomador de crédito. Assim, os credores avaliam o histórico de pagamento, o comportamento financeiro passado e a reputação do solicitante para determinar se é uma pessoa ou empresa confiável.

Condições

Envolve a análise das condições econômicas, setoriais e gerais que podem afetar a capacidade do mutuário de cumprir com suas obrigações.

Isso inclui fatores macroeconômicos, como taxas de juros, políticas governamentais e condições do mercado.

Capacidade

Esse item se refere à capacidade financeira do tomador de crédito para efetuar os pagamentos do empréstimo.

Isso envolve a análise da renda, despesas, estabilidade no emprego e outros fatores que indicam a habilidade de cumprir com as obrigações financeiras.

Capital

Já o capital serve para avaliar a solidez financeira global do solicitante. Isso inclui a quantidade de capital próprio que o mutuário já investiu no negócio ou em suas finanças pessoais.

Um sólido patrimônio líquido pode indicar uma maior capacidade de lidar com desafios financeiros.

Colateral

Esse “C” refere-se aos ativos ou garantias oferecidos pelo tomador de crédito como segurança para o empréstimo.

Caso haja inadimplência, os credores podem confiscar ou liquidar esses ativos para recuperar suas perdas. O colateral proporciona uma camada adicional de segurança para os credores.

Como analisar e monitorar a concessão de crédito?

Analisar e monitorar a concessão de crédito de forma eficaz é imprescindível para manter a saúde financeira de uma instituição. Assim, para otimizar esse processo, é fundamental integrar tecnologia às práticas tradicionais.

Dessa forma, a automação de tarefas rotineiras e a análise de dados em larga escala possibilitam uma avaliação mais precisa e ágil do risco de crédito.

Com o uso de sistemas, é possível processar grandes volumes de informações, considerando fatores como histórico de pagamento, processos, protesto e outros critérios relevantes.

A implementação de sistemas de monitoramento contínuo também se beneficia da tecnologia.

Ferramentas automatizadas podem identificar rapidamente sinais de alerta, como atrasos nos pagamentos, troca de sócios, entre outros, permitindo uma resposta imediata a potenciais riscos.

Em suma, a incorporação de tecnologia na análise e monitoramento da concessão de crédito não apenas agiliza o processo, mas também aprimora a precisão e a capacidade de adaptação às mudanças nas condições econômicas e comportamentais.

Essa abordagem proporciona uma gestão de riscos mais eficiente e contribui para a sustentabilidade e competitividade das instituições financeiras.

Gostou do conteúdo? Então, acesse o site da Dimensa e conheça nossa solução tecnológica de Crédito e Risco.

Com ela, sua empresa automatiza as etapas de crédito, reduz os riscos associados à concessão, garante uma gestão de crédito inteligente e muito mais!

Em resumo

Quais são os 5 C's da concessão de crédito?

Os 5 C's de crédito são muito utilizados no que diz respeito à concessão e análise de crédito. Os ‘Cs’ são: capacidade, colateral, caráter, condições e capital.

Qual a importância da tecnologia na concessão de crédito?

A tecnologia é importante na concessão de crédito porque permite uma avaliação mais precisa e ágil da empresa solicitante. A automação de tarefas e análise de dados em larga escala possibilita processar informações relevantes em poucos segundos.

Essa integração tecnológica contribui para a gestão inteligente de crédito, mitigando riscos de inadimplência devido a análises superficiais.

Quais são os fatores que influenciam na concessão de crédito?

  • dados da empresa;
  • quadro societário;
  • faturamento e capacidade de pagamento;
  • situação fiscal;
  • recuperação judicial e falências;
  • políticas e requisitos do credor.

crédito da imagem: Freepik

Compartilhe o artigo
Buscar artigos:

Artigos semelhantes


Crédito e risco
CredMap: conheça a solução que está revolucionando as análises de crédito
No mundo dinâmico dos negócios, a análise de crédito é fundamental para a tomada de decisões s...
Leia mais
Crédito e risco
5 ações para reduzir a inadimplência na concessão de crédito
A inadimplência na concessão de crédito pode impactar significativamente a saúde financeira de u...
Leia mais
Crédito e risco
A importância da gestão de carteira de crédito para um cenário de inadimplência
A gestão de carteira de crédito é essencial para empresas que concedem crédito ao mercado, espec...
Leia mais
Crédito e risco
Perfil de risco de crédito: como avaliar na concessão
Imagine conceder crédito a uma empresa sem conhecer seu histórico financeiro. Isso seria como diri...
Leia mais
Crédito e risco
Como as fintechs de crédito estão revolucionando o mercado
Nos últimos anos, o mercado financeiro brasileiro testemunhou uma transformação sem precedentes i...
Leia mais
Crédito e risco
Workflow de crédito: 8 benefícios e por que contratar
Em um mercado competitivo, a gestão de crédito é fundamental para o sucesso de qualquer empresa. ...
Leia mais
Crédito e risco
Carteira de clientes: como otimizar o monitoramento de crédito?
No mundo empresarial, a gestão eficiente da carteira de clientes é um pilar para o sucesso finance...
Leia mais
Crédito e risco
Análise de crédito automatizada: motivos e benefícios para implementar a tecnologia
A análise de crédito automatizada é importante para porque simplifica e agiliza todo o processo d...
Leia mais
Crédito e risco
Motor de crédito: como funciona e quais as vantagens?
Em um cenário empresarial cada vez mais dinâmico, a agilidade na concessão de crédito é crucial...
Leia mais
Não deixe de acompanhar nossas atualizações.
Inscreva-se em nossa newsletter
para receber conteúdos exclusivos.
Siga nossas redes sociais
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram